Quem pode trabalhar no Japão?

VISTO DE TRABALHO

Para trabalhar no Japão é necessário o visto de residente permanente, ser cônjuge de japonês, cônjuge de residente permanente ou residente de longa permanência.

Com este visto é possível trabalhar em qualquer tipo de atividade no Japão. E podem mudar de emprego livremente.

 

 

NÃO DESCENDENTES

Apesar da falta de trabalhadores no país, as possibilidades ainda são um tanto limitadas: é possível ir para o Japão somente pessoas que recebem um visto especial emitido pela empresa contratante para atuar como trabalhador altamente qualificado, ou aqueles que podem tirar um visto de longa permanência, mas de processo burocrático para sua obtenção.

A Sankyo não possui estrutura para atender a este público, trabalhamos exclusivamente com descendentes de nikkeis e seus cônjuges.

VISTO PARA YONSEI

O governo japonês implementou a partir de julho de 2018 um visto para quem é descendente de japoneses de quarta geração (yonsei).

A nova categoria de visto é o (TOKUTEI KATSUDO – ATIVIDADES ESPECÍFICAS).

Este visto foi liberado com o intuito de fazer a integração cultural do Japão com o Brasil. Além de um tutor e vários documentos necessários, também é exigido a aprovação no teste de idioma japonês em um nível equivalente ao JLPT N4.

Para maiores informações, e outros requisitos, consulte as nossas agencias parceiras.

Call Now ButtonLigue