Brasileiros no Japão

MOVIMENTO “dekassegui”

A maior parte dos brasileiros que vai para o Japão ainda são os descendentes de japoneses, que fazem o caminho iniciado mais ou menos 3 décadas atrás (movimento “dekassegui”) e inverso de seus antepassados, e a maioria ainda se concentra em trabalhos de fábrica.

A maior população de descendência japonesa (“nikkei”) é a do Brasil, com aproximadamente 1,6 milhões de descendentes, e o fluxo de ir trabalhar no Japão, temporariamente ou não, está longe de ser descontinuado.

 

 

ESTRANGEIROS NO JAPÃO

A comunidade brasileira no Japão é a quarta maior, atrás apenas de chineses, vietnamitas e filipinos quanto a maiores populações estrangeiras no país, e se concentra em províncias e cidades onde a indústria manufatureira é forte, como nas regiões de Chubu (Aichi, Mie, Gifu, Shizuoka) e Kanto (Gunma, Saitama e Kanagawa, por exemplo).

VISTO PARA YONSEI

O governo japonês implementou a partir de julho de 2018 um visto para quem é descendente de japoneses de quarta geração (yonsei).

A nova categoria de visto é o (TOKUTEI KATSUDO – ATIVIDADES ESPECÍFICAS).

Este visto foi liberado com o intuito de fazer a integração cultural do Japão com o Brasil. Além de um tutor e vários documentos necessários, também é exigido a aprovação no teste de idioma japonês em um nível equivalente ao JLPT N4.

Para maiores informações, e outros requisitos, consulte as nossas agencias parceiras.

Call Now ButtonLigue